Vigiado e de acesso controlado, o parque é gratuito para quem apresenta o bilhete de comboio

O Parque de Estacionamento da Estação, que a Câmara Municipal de Famalicão inaugurou no Dia Europeu sem Carros (22 de setembro) inaugurou junto da Estação de Famalicão com objetivo de facilitar o uso dos transportes públicos, está a ser utilizado de forma intensiva, segundo nota de imprensa recente daquela câmara. O Parque tem capacidade para 70 carros e é vigiado por funcionários da autarquia. O incentivo ao uso dos transportes públicos é dado pelo facto de a apresentação de bilhete do comboio válido dar o direito a não pagar o estacionamento, independentemente do tempo de estacionamento.

O Parque da Estação funciona entre as cinco horas da manhã e as duas da madrugada do dia seguinte, ajustado aos horários dos transportes públicos. Além disso, o parque serve os utilizadores do Voltas, o novo serviço de transporte urbano rodoviário para fomento da mobilidade das pessoas no interior da cidade. Uma das paragens do Voltas está localizada mesmo junto ao parque.

 

O “Voltas”: novo transporte rodoviário urbano de Famalicão começa a conquistar público

DSC_7845.jpg

O “Voltas”, o novo transporte público rodoviário urbano de Vila Nova de Famalicão que começou a funcionar no Dia Europeu sem Carros, já está a conquistar os famalicenses.

O projeto, que resultou de uma parceria estabelecida entre a Câmara Municipal e a operadora de transportes Arriva, possibilita viagens gratuitas no centro da cidade para os portadores de um bilhete válido de transporte coletivo rodoviário e para os seniores possuidores de Passe Sénior Feliz.

O “Voltas” circula de segunda a sexta-feira, entre as 8h00 e as 19h00, realizando um percurso circular permanente que liga parques de estacionamento gratuitos, estações de transportes coletivos e os principais serviços públicos da cidade. Realiza paragens na Central de Camionagem, Biblioteca Municipal, Parque da Devesa (CITEVE), Tribunal, Rotunda de Santo António, Hospital, Universidade Lusíada, Rotunda 1.º de Maio, Centro de Saúde, Estação Ferroviária.

As paragens do Voltas estão identificadas como tal e fornecem informação detalhada quanto aos horários e circuitos do serviço. Cada volta dura aproximadamente 20 minutos. Para as pessoas que não detenham título de transporte rodoviário válido do dia ou Passe Sénior, cada viagem no Voltas custa 1 euro.

De acordo com os dados recolhidos, os grandes beneficiados com o Voltas têm sido os possuidores de Passe Sénior Feliz (52 por cento),  seguindo-se os detentores  de outros títulos de transporte (34 por cento). A paragem mais utilizada pelos utentes do Voltas é junto à Estação Ferroviária (36,6), seguindo-se a paragem junto ao Campo da Feira (23,2 %) e a Central de Camionagem (11,4 %). É relevante a dimensão social do projeto visto proporcionar aos seniores detentores do Passe Sénior Feliz a circulação gratuita no Voltas, proporcionando-lhes acesso direto aos principais serviços públicos de Famalicão.

Anúncios